Pesca e piscicultura: Tilápia

Tilápia

Tilápia é o nome comum dado a várias espécies de peixes ciclídeos de água doce pertencentes à subfamília Pseudocrenilabrinae e em particular ao gênero Tilápia. São nativos da África, mas foram introduzidas em muitos lugares nas águas abertas da América do Sul e sul da América do Norte e são agora comuns na FlóridaTexas e partes do sudoeste dos Estados Unidossul e sudeste do Brasil. No sudeste esta espécie é um dos principais peixes da pesca artesanal, principalmente no Rio Grande, Estado de Minas Gerais. Em Angola também recebe o nome cacusso.

Tilápias são fáceis de manter em aquário, já que lhes é suficiente o espaço neles. Elas se reproduzem facilmente e crescem rapidamente, mas são perigosos para qualquer outro peixe pequeno. A maioria das espécies são reprodutores de superfície mas alguns protegem a cria na boca.

As tilápias são peixes criados para alimentação humana, sendo a sua carne bastante apreciada, pois é leve e saborosa.

Em algumas regiões o peixe é colocado nos arrozais, depois de plantado o arroz, onde cresce até ao tamanho pronto para consumo(12–15 cm), na mesma época em que o arroz está pronto para a colheita.

A tilápia-do-nilo foi um dos primeiros peixes a serem criados em aquicultura pelos antigos Egípcios (4000 anos).

A tilápia é um excelente controle biológico para alguns problemas de infestações de plantas aquáticas. Eles preferem plantas aquáticas que flutuam, mas também consomem algumas algas fibrosas.

É um peixe adaptável à água salgada.

A tilápia é o pescado mais cultivado no Brasil

Tilápia: peixe mais cultivado no Brasil

tilápia é hoje o peixe mais cultivado na piscicultura brasileira. Isso se deve ao fato desse peixe ter se adaptado muito bem às águas do Brasil, além de apresentar uma carne com sabor suave e muito saudável, carne esta muito procurada para o preparo de sashimis.

A tilápia conta ainda com a facilidade da criação, pois são peixes fáceis de serem alimentados, muito resistentes a doenças e com boa capacidade reprodutiva.

No que diz respeito ao trato alimentar, os criadores de tilápias têm uma grande vantagem em relação aos criadores de outras espécies de peixes, pois, enquanto os outros apresentam uma conversão alimentar de 1,6 Kg, as tilápias apresentam uma conversão de 1,3 Kg.

Isso significa em questões de lucro cerca de 300 gramas de ração economizada, ou seja, para que o produtor obtenha um quilo de carne de tilápia, ele terá de fornecer a ela 1,3 quilo de ração, enquanto que o criador de outra espécie terá de fornecer 1,6 quilo de ração para obter um quilo de carne de seu peixe.

Outra característica desse peixe e que faz com que ele seja um excelente negócio para os piscicultores é a grande capacidade reprodutiva.

Essa espécie é capaz de se reproduzir até quatro vezes ao ano, exceto no período de inverno.

Aquishow: O evento da tilápia

A tilápia é tema nas palestras e debates em todas as edições da Aquishow.

Se interessou pela criação de tilápia? Venha para a Aquishow, inscrições abertas: aquishowbrasil.com.br

Fonte: saude.abril.com.br
Fonte: pt.wikipedia.org
Fonte: www.cpt.com.br