Criação de Pacu

Pacu

O pacu é típico do pantanal Matogrossense, dos rios amazônicos e bacia do Prata, e originários dos rios Paraná, Paraguai e Uruguai.

Alimenta-se de frutos, caranguejos e de detritos orgânicos encontrados na água. Atinge 25 kg de peso, comum até 8 kg.

São praticadas duas formas diferentes de pesca: na vara de bambu, fisgada com frutos (tucum, laranjinha ou jenipapo) ou pesca apoitada com isca de caranguejo.

Criação de Pacu

Apesar de atingir até 18 quilos na natureza, em viveiros pode ultrapassar 1,1 quilo e 50 centímetros em um ano de cultivo. Em geral, o peso ideal para a comercialização é de 1,5 quilo. Hoje, o quilo vendido para pesqueiros é de cerca de 3,80 reais.

A criação, no entanto, depende de investimentos na construção de tanques escavados, se não houver infra-estrutura local pronta, ou reservatório de água nas imediações da propriedade rural. Um viveiro médio pode custar algo em torno de 15 mil reais. Para adquirir o milheiro de alevinos, que irá dar início à atividade, são necessários 190 reais.

A recomendação é ocupar com meio a dois peixes cada metro quadrado de área do cativeiro – lâmina d’água -, no caso de sistema intensivo.

Porém, vale lembrar que o ritmo de desenvolvimento depende da quantidade de água que entra no viveiro, ou da presença de aeradores que oxigenam a água nos tanques. Uma vazão ideal para o sistema semi-intensivo é de dez litros por segundo para cada hectare de área de viveiro.

Pacu-caranha

Originário, principalmente, dos rios Paraguai e Paraná, desde Entre Rios (província Argentina) até a represa de Itaipu: Piaractus mesopotamicus = Colossoma mitrei.

Tambacu ou paqui

Tambacu ou paqui: Híbrido entre Colossoma macropomus e Colossoma mitrei.

Tanto o tambaqui, quanto o pacu-caranha e seus híbridos foram introduzidos em diversos rios do país, como em partes da bacia do Rio Paraná no Estado Rio de Janeiro, onde só existiam espécies menores de pacu, como o pacu-peba.

No Brasil, essas espécies povoam a maioria dos lagos de pesque-pague e pesca esportiva, devido à sua grande resistência e por serem bem competitivos.

Pacu-prata Em inglês chamado de Silver dollar é também chamado de pacu-pebaMyleus tiete.

 

Fonte: pt.wikipedia.org 
Fonte: revistagloborural.globo.com